Desvendando o padrão DisplayPort

Descobrir os significados e as funcionalidades das novas tecnologias partilhadas no cotidiano se tornou uma urgência. Manter-se atualizado exigi disposição para pesquisar uma infinidade de termos e nomenclaturas que não se tem familiaridade.

Por razões práticas é mais fácil aprender a usar cada tecnologia disponível do que compreender o significado de cada uma. O desafio desta matéria é colocar em linguagem acessível à interface de exibição DisplayPort (DP).

Afinal, não basta comercializar tecnologias a preços justos é preciso empoderar os seguidores e clientes para tornar a experiência de compra cada vez mais assertiva.

Cabo DisplayPort 1,8 metro – Cirilo Cabos

Tecnologia de transmissão digital

Em 2006 a associação que define os padrões de vídeo desenvolveu uma interface para dispositivos de exibição. Um equipamento de exibição é um dispositivo de saída que tem a função de transmitir informação através de imagem, tipo um monitor.

A VESA projetou o DisplayPort que é, basicamente, um padrão de conexão encontrado em aparelhos de exibição. Através dessa porta é possível transferir dados digitais em alta resolução. Os dados trafegam, por exemplo, de um computador para um monitor.

Este padrão tem uma capacidade extensível, ou seja, suportar recursos adicionais sem exigir mudanças na interface física. Os dados são entregues em partes pequenas chamadas de micropacotes. São enviados como imagem e áudio, transmitidos simultaneamente ou separadamente.

Esta tecnologia de transmissão de dados tem um padrão aberto que pode ser implementado e certificado sem custos adicionais com royalty. Sem ter despesas com direitos autorais as empresas podem explorar o padrão livremente.

O DisplayPort possui as seguintes versões 1.0/1.1 (2006/2007), 1.2 (2010), 1.2a (2013), 1.3 (2014), 1.4 (2016), 1.4a (2018) e, finalmente, em 2019 a versão 2.0. No intervalo de 13 anos aumentou a largura de banda de 10,8  Gbit/s para 40,0  Gbit/s. Em comparação com a versão de 2018 teve um aumento de 3x na taxa de transferência de dados.

TABELA COM RESOLUÇÕES DISPLAYPORT

A boa notícia é que os cabos desenvolvidos para atender ao padrão DisplayPort são compatíveis com qualquer versão. Um ajuste automático permite que a conexão seja estabelecida sem prejuízos.

Especialista em tecnologia recomendam que para manter toda funcionalidade do DisplayPort o limite máximo de 3 m de cabo seja respeitado, isso pode evitar a perda de dados. Os cabos até 15 m vão estabelecer conexão, mas, poderão sofrer perda de dados, redução na qualidade da resolução e outras alterações.

A última versão tem recursos novos para atender exigências dos monitores tradicionais. O DP 2.0 atinge resolução de até 8K, taxa de atualização mais alta que as versões anteriores e suporte HDR (High Dynamic Range) – padrão de alta definição de imagens.

Cabo Mini DisplayPort para HDMI – iMac, MacBook

Por fim, mas não menos importante, tem o Mini DisplayPort, que é apenas mais uma versão desta tecnologia. O Mini DP aparece com maior frequência em processadores portáteis da Apple. 

Adaptadores para DisplayPort

Apesar das vantagens, o padrão DisplayPort não atingiu a popularidade que outras tecnologias conquistaram.  Em parte, porque foi idealizado para atender ao universo corporativo. Projetado para atender prioritariamente profissionais.

Exatamente por ter a pretensão de ser um padrão profissional que o conector do DP tem um diferencial, possui uma trava de segurança para evitar desconexão acidental. A trava é como um botão para retirada do plugue.

Adaptador Mini DisplayPort para HDMI, VGA e DVI

A impopularidade do DisplayPort produz uma desvantagem que é remediável. A conexão com dispositivos eletrônicos com padrões diferentes exige o uso de adaptadores.

Estes cabos adaptadores auxiliam na conexão entre linguagens diferentes. O Video Graphics Array, ou simplesmente VGA, é um padrão gráfico para computadores, utilizado desde 1987. A maioria dos monitores possui uma entrada com este padrão.

Cabo Adaptador Displayport para VGA fêmea

OAdaptador DisplayPort para VGA (fêmea) é a solução para conectar os dispositivos eletrônicos de exibição que são compatíveis apenas com o padrão VGA em equipamentos que possuem uma porta DP.  Existe também um produto que faz esta adaptação através de um Cabo Adaptador Displayport para VGA Macho.

Cabo Adaptador DisplayPort para VGA Macho – Foto: Marcelo Sales / Cirilo Cabos

O desafio dos adaptadores é fazer o DP dialogar com os outros padrões de exibição de imagem. O Digital Visual Interface (DVI) é uma interface projetada para transmitir dados descompactados de vídeo digital. O Cabo Adaptador DisplayPort para DVI tem a função de fazer as linguagens tecnológicas conversarem.

Cabo Adaptador DisplayPort para DVI – Foto: Marcelo Sales / Cirilo Cabos

A estreia na indústria tecnológica do padrão USB Tipo C é mais recente. Projetado e publicado em 2014, este padrão aparece muito nos dispositivos móveis (celulares). Tem a função de transferir dados e cargas elétricas.

O Cabo Adaptador USB-C para Displayport permite a entrega de dados de áudio e vídeo com aproveitamento das funcionalidade do DP e todo potencial de velocidade do USB 3.1.

Cabo Adaptador USB-C para DisplayPort

Como os demais, o Adaptador DisplayPort para HDMI faz a conexão entre padrões diferentes. Neste caso os computadores portáteis com saída DP acessam equipamentos de exibição com porta HDMI.  Estes dois padrões permitem que um alto fluxo de dados seja transmitido. Suportando até 8.64 gigabits e resolução até 2560 x 1600 / 60 Hz.   

Adaptador Displayport Para HDMI – Foto: Marcelo Sales / Cirilo Cabos

Na configuração inversa ocorrem perdas porque o padrão DP alcança níveis superiores ao HDMI. Neste caso, vai acontecer um ajuste para a capacidade máximo do HDMI (60Hz). O Adaptador HDMI para Displayport conecta dispositivos com saída HDMI em equipamentos com porta DP.

As ferramentas e técnicas resultam de pesquisas científicas e dos esforços para atingir os melhores resultados na indústria digital. Para o consumidor a presença do padrão DisplayPort representa ganhos, por exemplo, na qualidade e na redução de custos com equipamentos.

Cabo Adaptador HDMI para DisplayPort 4K – Foto: Marcelo Sales / Cirilo Cabos

Para além da impressão de que as descobertas tecnológicas concorrem entre si, fica evidente que elas se relacionam, e, ampliam as possibilidades para o consumidor. De alguma forma, as tecnologias estão igualmente comprometidas em atender aos anseios da vida digital.

Por Priscila Leal

Atualizado em 03/10/2019